Paredes de Coura, centro del Congreso Internacional sobre Intervención teatral

cartel_2

Fragmento del cartel anunciador.

‘La intervención teatral en Portugal en el siglo XXI: formación, producción, programación, gestión, descentralización, animación e intervención social, cultural y educativa’es el título del congreso que se va a celabrar en Paredes de Coura los días 16, 17 y º8 de noviembre.

Este Congreso supone 1 crédito para profesores y educadores ya que lo avala el Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores. Hay cuatro tarifas de precios de asistencia según sean profesores (50 euros), desempleados o jubilados (30 euros), estudiantes (25 euros) y grupos de estudiantes igual o superior a 20 alumnos (20 euros). Toda la información está en la web www.geralintervencao.com.pt

PROGRAMA

Congresso Internacional A Intervenção Teatral em Portugal no século XXI: formação, produção, programação, gestão, descentralização, animação e intervenção social, cultural e educativa*

PAREDES DE COURA 16, 17 e 18 de Novembro de 2017

Quinta-feira 16 de Novembro de 2017

9.30. Horas: Abertura do Secretariado

10.00. Sessão de Abertura

Graça dos Santos10.30 Conferência Inaugural: Pela Professora Doutora Graça dos Santos, subordinada ao tema “Corpos e vozes em diálogo: Cá e Lá, 35 anos de teatro bilingue em França” Apresenta a Conferencista o Professor Doutor Marcelino de Sousa Lopes, Professor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Sumula:

Cá e Lá, foi (e continua a ser) a primeira companhia de teatro bilingue francês-português na Europa, nascida nos anos 80 do século passado, na região de Paris http://www.caela.net/. As várias épocas de produção artística da companhia fazem eco de um contexto assente na dinâmica da relação estabelecida entre os dois países de pertença cultural dos atores e dos públicos deste projeto interligado com as artes do espetáculo sob uma forma pluridisciplinar. As formas estéticas muito originais produzidas por Cá e Lá, que desde o princípio mesclam línguas e culturas, fazem da questão do bilinguismo tanto uma temática, como uma forma de expressão artística provocatória. Evocaremos também de forma prática e viva Parfums de Lisbonne – Festival d’urbanités croisées entre Lisbonne et Paris https://parfumsdelisbonne.com/, evento organizado pela companhia e que em 2017 realiza a 11ª edição.

Graça Dos Santos é professora catedrática na Universidade Paris Nanterre. Encenadora, atriz e professora de teatro, escreve sobre as noções de corpo físico / corpo social, sobre as representações cénicas do corpo e do povo, sobre a ditadura salazarista e a censura. Tem inúmeros artigos publicados sobre a história do espetáculo europeu e sobre o teatro português. Publicou O espetáculo desvirtuado, O teatro português sob o reinado de Salazar (1933-1968), Editorial Caminho, Lisboa 2004. Cofundadora da companhia Cá e Lá (Compagnie bilingue français/portugais) tem desenvolvido um trabalho específico sobre o ator bilingue e sobre as conexões teatro e ensino das línguas. É diretora de Parfums de Lisbonne – Festival d’urbanités croisées entre Lisbonne et Paris cuja 11ª edição decorre entre maio e julho de 2017.


 

Quinta-feira: 11.30 horas

Painel I – Teatro e Intervenção Educativa

Coordenação: Dr. Hilário Sousa – Casa do Professor

Foto do Conferencista Nome do Conferencista / Tema da conferência Sumula da Conferência Curriculum
HerrariasProfessor Doutor José Angel Lopez HerrariasTema: “ O Teatro como recurso pedagógico – didático para uma educação integral e completa”  O Teatro constitui uma experiência transversal e envolvente na complexa vivência do ser humano, uma vez que constitui um meio educativo de elevada capacidade mobilizadora. Professor Catedrático de Teoria  da Educação, Departamento Teoria e Historia de la Educação da Universidade Complutense de Madrid. Possui mais de uma centena de artigos publicados. Trinta livros editados nos domínios da Educação, Pedagogia, Intervenção Social e Cidadania. Inúmeras conferências em Congressos Internacionais.
RobertoProfessor Roberto Merino. Tema: O ensino do Teatro no Porto – uma reflexão a partir do percurso formativo da Arvore / ESAP (Escola Superior Artística do Porto Esta conferência assenta numa abordagem critica sobre o ensino do teatro no norte de Portugal / Porto  e tem como referência central o percurso formativo no campo do ensino do teatro levado a cabo pela ESAP – Escola Superior Artística do Porto Chileno de nascimento. Iniciou a sua atividade em Portugal nos meados dos anos 70 do século passado. É Encenador com trabalhos realizados no Porto, Trás-os-Montes, Madeira, Minho…Professor da Escola Superior Artística do Porto.Dramaturgo com vários trabalhos editados e encenados.
EscolaProfessor DoutorJoaquim Escola. Tema:Teatro e Educação: construir a cidadania no espaço público Neste texto pretendo partir de alguns pensadores, educadores e dramaturgos, para meditar sobre o diálogo possível e fecundo que se pode estabelecer entre todos, tendo por base algumas peças de teatro reflexões sobre o papel educativo do teatro, no momento em que um dos grandes desafios de cada cidadão é construir uma cidadania ativa e participativa no espaço público. Doutorado em Educação pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde é Professor desde 1993. Iniciou a sua carreira académica na Universidade dos Açores. É membro do Gabinete de Filosofia da Educação (GFE) do Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Unidade de I & D). Desenvolve a sua actividade de investigação em torno da Filosofia da Educação, da Ética, da Comunicação Educativa, Didáctica da Filosofia. É autor de diversos livros e artigos científicos.

 


14.00 às 18.00 Horas

Funcionamento de Oficinas / Workshops/ Grupos de Trabalho/ Mesas Redondas/ Experiências/ Relatos/ Espetáculos (ver programa específico)


 

Gama

Professor Doutor Manuel Gama.

18.30. Horas – Conferência temática subordinada ao tema – Rede Nacional de Teatros e Cineteatros? Uma viagem por Portugal desde os anos 90 do século XX… a ser proferida pelo Professor Doutor Manuel Gama. Apresenta o Prof. Doutor Manuel Gama o Dr. Dantas Lima. Bolseiro de Pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Doutorado em Estudos Culturais, Mestre em Educação Artística, Licenciado em Gestão Artística e Cultural, Frequência do Curso Superior de Teatro. Investigador no CECS-UM desde 2011, Docente no IPVC desde 2009. Apresenta o Senhor Professor Manuel Gama o Dr. Dantas Lima.

Sumula da Conferência:

Na última década do século XX, as administrações local e central do Estado iniciaram um processo de dotação de um conjunto muito significativo de cidades portuguesas com salas de espetáculos com o objetivo de favorecer o acesso generalizado da população portuguesa a oferta neste domínio cultural. Este processo surgiu devido à existência, um pouco por todo o país, de uma série de salas de espetáculo, muitas delas localizadas nos centros históricos e com muita história para as populações locais, fechadas ao público e em estado avançado de degradação. A evolução do processo foi tal que, em março de 1999, Manuel Maria Carrilho apresentou no Centro Cultural de Belém um plano para a criação de uma Rede Nacional de Recintos Culturais/Rede de Teatros Históricos, que posteriormente viria a ser comummente denominada de Rede Nacional de Teatros e Cineteatros. Lamentavelmente o processo e o plano não foram acompanhados por um. A pouca consistência concetual teve consequências que ainda se sentem no ano de 2017 e que permitiu que na maioria dos casos: não tenham sido realizados estudos prévios para perceber a que necessidades – locais, regionais e nacionais – a sala de espetáculos poderia e deveria responder; não tenham sido estabelecidas estratégias para o funcionamento do equipamento a curto ou médio prazo, nem adstritas equipas técnicas qualificadas para a sua programação e gestão; não tenha sido definido um plano de integração da infraestrutura cultural na cidade e na rede de atores sociais que a integram; e não tenham sido definidas estratégias para o estabelecimento de ligações, formais ou informais, com as outras infraestruturas que foram sendo recuperadas, ou construídas de raiz, ao abrigo do mesmo processo e plano político de iniciativa das administração central e local. Na presente comunicação vai fazer-se uma análise crítica da Rede Nacional de Teatros e, que na realidade nunca existiu, procurando, desta forma sublinhar a importância de, a curtíssimo prazo, colocar em marcha uma estratégia que permita uma visão holística do conjunto da mais de uma centena de infraestruturas desta tipologia.

21.00 Horas:

Painel II: Mascaras, Rituais, Formas Animadas e Teatro Religioso

Local: Igreja Matriz de Paredes de Coura

Coordenação: Doutoranda Marisa Filipa Teixeira

22.30. Horas: Exercício Público de Teatro

Religioso  e Mascaradas (aberto à comunidade local)

 

Foto do Conferencista Nome/ Tema da conferência Sumula da Conferência Curriculum
padrichosDr. Acácio  David PradinhosTEMA: A proliferação da queima dos Diabos Gigantes nas festas dos Caretos – Uma perspectiva parateatral A temática a abordar prende-se com a “queima de caretos/diabos gigantes” associado às festas de carnaval dos caretos  de Bragança, Salsas, Podence e Macedo de Cavaleiros.. Professor Assistente do Instituto Piaget de 1999 a 2013, lecionou didática da expressão corporal e artística  nos cursos de formação inicial e complementos de formação em Educação de Infância e Animação Sociocultural.  Coordenador da Pós-graduação em Expressão Dramática e Artes do Espetáculo em Educação do Instituto Piaget.
FerretiDr. Jaime Ferreri. Tema: A Mui Dolorosa Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo- tradição secular de Ponte da Barca Trata-se de uma comunicação que assenta na abordagem metodológica da encenação   dos últimos tempos de Jesus Cristo na terra, segundo a tradição católica. Professor, Encenador e Animador
dantasDr. José Dantas Lima Pereira. Tema: As Formas Animadas na Teatralidade Religiosa do Alto Minho Esta comunicação visa um estudo diacrónico e sincrónico sobre a importância das formas animadas na ação teatral no território do Alto Minho. Licenciado em Design e Produção Teatral pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo / Instituto Politécnico do Porto. Foi Chefe de Divisão de Educação e Cultura no Município de Ponte de Lima até 2013. Foi Diretor do Teatro Diogo Bernardes no Município de Ponte de Lima de 1998 a 2013. Actor e Encenador em companhias profissionais e grupos amadores de teatro.
FontesPadre António Lourenço Fontes : Tema “Teatro Popular Religioso  Transmontano e barrosão” Esta conferência visa abordar a produção teatral religiosa no barroso e as crenças religiosas refletidas na parateatralidade comunitária.  Curso de Teologia. licenciatura em História, na Universidade do Porto, em 1980. Editou várias obras no campo da Etnografia . colaboração em vários jornais e revistas regionais. Colaborador permanente da RTP, TVE, TVG. Participou em filmes Organizou vários congressos internacionais.

 


 

17 De Novembro: 9.00 Horas

Painel III – Produção, Descentralização e Gestão Teatral

Coordenação: Dr. Fernando Ribeiro

Foto do Conferencista Nome / Tema da Conferência Sumula da Conferência Breve Curriculum
PascualDr. Roberto Pascual. Tema “ Traçar pontes cénicas entre Galiza e Portugal. Parcerias, criações, formações, oportunidades e dificuldades” Não é um relato simples de experiências, mas esta exposição visa tirar conclusões a partir de minhas experiências como tradutor, dramaturgo, diretor artístico do festival e membro do conselho editorial de a Revista Galega de Teatro, que visa estabelecer uma ligação direta e uma influência sobre seu pensamento e ação de divulgação crítica de artes cênicas e também no sistema de cinema em Português, mas a partir de Galiza. Professor na Escola Superior de Arte Dramática da Galiza, Dramaturgo, Gestor e produtor artístico.
MarquesDr. Gomes Marques. Tema:O TEATRO DE AMADORES NA ANIMAÇÃO CULTURAL Falar de Teatro de Amadores (e não Teatro Amador), ou seja, dos que por amor fazem teatro, pode remeter-nos para a área da animação sociocultural e/ou para a da divulgação cultural descentralizada. Licenciado em Filosofia, pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa;Director Aposentado da Caixa Geral de Depósitos;Membro fundador da APTA – Associação Portuguesa do Teatro de Amadores, de cuja Direcção foi Presidente;Representante de Portugal/APTA nos Congressos Mundiais da AITA/IATA – Associação Internacional do Teatro de Amadores, realizados na Bulgária e no Mónaco;Autor de «Viagem pela Turquia» e de muitos outros textos publicados, nomeadamente, no blogue «aviagemdosargonautas.net».
MatosoProfessor Rui Matoso, Tema: Activismo cultural e transformação social: casos e estratégias de práticas e políticas urbanas O campo cultural, e mais especificamente o “mundo das artes” (Becker, 1984), foram sempre considerados como potenciais zonas de fricção com o status quo vigente, e de onde podem emergir novos agenciamentos críticos e criativos. Investigador-membro da European Communication Research and Education Association, e investigador convidado do Instituto Vilém Flusser (Berlin).Gestor e Programador Cultural. É investigador no Centro de Investigação em Comunicação Aplicada, Cultura e Novas Tecnologias (CICANT) e doutorando em Ciências da Comunicação – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (ULHT). Universidade Lusófona.

 


 

11.00 Horas

Painel IV: Teatro, Animação Sociocultural e Intervenção Comunitária

Coordenação: Prof.ª Doutora Alina Sousa Vaz

Foto do Conferencista Nome/ Tema da Conferência Sumula da Conferência Breve Curriculum
TeixeiraDoutoranda Filipa Marisa TeixeiraTema da comunicação:“Histórias das gentes de Pousade: o poder do teatro no desenvolvimento humano e comunitário Pretendemos com este artigo registar uma iniciativa cultural, social e educativa, assim como indagar a importância do teatro junto das gentes de Pousade, enquanto processo participativo conducente à autonomia, participação e desenvolvimento da comunidade. Licenciada em Teatro e Educação com estágio pedagógico e artístico, pela Escola Superior de Educação de Coimbra. Realizou uma especialização em Animação Teatral, na Universidade do Minho e, encontra-se atualmente a frequentar o doutoramento em Ciências da Educação na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
pulleinActor e Encenador Graeme Pulleyn“Em busca de um verdadeiro teatro comunitário” Esta comunicação visa projetar a dimensão comunitária e participativa do teatro. Pretende ainda fazer eco das inúmeras experiências de Teatro comunitário levadas a cabo em Portugal pela ação de  G. Pulleyn Nasceu em Doncaster Inglaterra em 1967. Licenciado em Estudos Teatrais pela Universidade de Warwick. Fundador e Director Artístico do Teatro do Montemuro entre 1990 e 2005. Encenador e ator independente desde 2005, residente em Viseu.
sousaProf. Doutor Marcelino de Sousa LopesTeatro e Animação Teatral Esta conferência visa abordar os contributos do Teatro na Animação como meio de promover uma participação comprometida com o desenvolvimento social, cultural e educativo do ser humano. Marcelino de Sousa Lopes, Doutorado em Ciências da Educação pela Universidade Pontifícia de Salamanca. Professor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Departamento de Educação e Psicologia. Integrou a comissão de avaliação externa da A3ES para a area da Animação Sociocultural nos anos de 2012/2013.  Orientador de vários trabalhos de natureza académica nomeadamente Mestrados e Doutoramentos nos domínios das Ciências Sociais e Humanas.

 

14.00 – 18.00 Continuação dos trabalhos de Oficinas

Vieites18.00 horas – Conferência Temática: proferida pelo Professor Doutor Manuel Vieites (Escola Superior de Arte Dramática da Galiza / Universidade de Vigo) subordinada ao tema: Teatro comunitário, teatro social, teatro político. Os teatros das pessoas , na perspectiva de Nikolai Evreinov, Anton Gramsci e Paulo Freire.

Professor e diretor da Escola Superior de Arte Dramática da Galiza, onde é docente nas áreas da Investigação Cénica e da Pedagogia Teatral. Também é professor associado da Universidade de Vigo, onde realiza docência de Teoria e História da Educação e de Pedagogia Social. Colabora habitualmente no Faro de Vigo e é subdiretor da revista ADE/Teatro, que publica a Associação de Diretores de Cena de Espanha. Apresenta o Professor Doutor Manuel Vieites o Dr. José Dantas Lima Pereira

 

carretas19.00 horas – Conferência Temática: proferida pelo Encenador e  Ator José Carretas.  (Panmixia Teatro de artes performativas) subordinada ao tema: “ à procura da teatralidade do impossível…”Apresenta o Encenador José Carretas o Prof. Doutor Marcelino de Sousa Lopes


 

22.00 Horas Espetáculo Teatro


 

18 de Novembro

9.30 Horas

Painel V: Teatro, Saúde, Bem – Estar e Intervenção Terapêutica

Coordenação: Professor Doutor Agostinho Diniz Gomes

 

Foto de Conferencista Nome/ Tema da conferência Sumula da Conferência Curriculum
BarcenasDr.ª OLGA BÁRCENAS FREYRE (Perú)Tema da Conferência:A Ação Teatral com Adolescentes  e intervenção terapêutica  como meio de alerta e combate à exploração sexual. Esta conferência visa relatar a ação desenvolvida junto de Jovens Peruanos através do uso de uma metodologia ativa e de  atenção terapêutica com a finalidade de reparação de danos através da ação teatral comprometida com o desenvolvimento social, cultural e educativo dos jovens envolvidos.. Licenciada em Educação, Atriz, Animadora Sociocultural, Mestra em Terapia de Artes Expressivas em contextos terapêuticos, educativos, comunitários e  de transformação social em TAE Perú, escola filiada na European Graduate School, SuizaFundadora da RIA – Rede Iberoamericana de Animação Sociocultural, Diretora da Associação Cultural Teatrovivo / 30 anos.É consultora especialista em prevenção de arte para adolescentes nas escolas e comunidade e  terapeuta em cuidados artísticos  diretamente ligados às vítimas de exploração sexual  tráfico para exploração sexual.
VentosaProf. Doutor Victor Ventosa” Teatro e música como recursos da neuroanimação” A comunicação /  artigo visa explorar e aplicar de maneira fundamentada, estratégias, jogos e atividades como instrumento de dinamização e desenvolvimento cerebral a través das metodologias técnicas lúdico-educativas propias   do teatro e da música ao serviço da neuroanimação. Doutorado  em Ciências da Educação. Chefe da Juventude e diretor Serviços da Escola de animação e Tempo Livre da Cidade de Salamanca (Espanha). Presidente Honorário da RIA – Rede Iberoamericana de Animação Sociocultural RIA. Diretor da Coleção de Livros  da Editora CCS. Professor Convidado em várias Universidades Europeias e Americanas. Dramaturgo, ator e Diretor grupo de teatro fazer Albahonda (Espanha).
silvaProfessor Doutor José Eduardo Silva, Comunicação:A arte do teatro: uma construção de futuros colectivos mais viáveis Propomos a explicitação dos principais processos psicológicos (incluindo de transformação simbólica) subjacentes à práctica teatral, apresentando um conjunto de evidências científicas que mostram que as práticas artísticas teatrais podem produzir efeitos desenvolvimentais tanto a nível psicológico como social, em áreas como a participação cívica e política, a epistemologia, o empoderamento, o sentido de comunidade e a autonomia. JOSÉ EDUARDO Leite Fernandes da SILVA (Guimarães, 1975) é actor, encenador, professor e investigador pós-doutorado em artes performativas e ciências sociais e humanas. Licenciado em Estudos Teatrais pela ESMAE – IPP e Doutorado em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. Iniciou o seu percurso artístico na música em 1990 e no teatro em 1994, com diversas incursões posteriores pelas áreas da dança, do cinema, da performance e das artes de rua

 

11.00 Horas

Painel VI – Teatro, Jogo,  Drama e  Intervenção Social

Coordenação: Dr. José Carlos Fernandes – CENFIPE

 

Foto de Conferencista Nome/ Tema da conferência Sumula da Conferência Curriculum
 Escola Prof. Doutor Miguel Mejia da Faculdade de Ciências da Educação / Universidade da Amazonia,  Florencia – Caquetá ColombiaComunicação:ENRIQUE BUENAVENTURA, O novo Teatro Columbiano e a criação coletiva: uma forma de exorcizar a história do século XX na Colômbia.  Esta conferência visa aprofundar  a metodologia do Pedagogo ENRIQUE BUENAVENTURA no contexto de um teatro de intervenção terapêutica Doutorado pela Universidade de Valência, Estudou Semiotica Do  Teatro em ALMA MATER STUDIORUM- Universita degli studi di Bologna, Estudou DIPLOMA DE ESTUDOS AVANÇADOS DE DOUTORADO  na Universidade Complutense de Madrid. É Professor da Faculdade  de Ciências da Educação da Universidade da Amazonia. Florencia -Caquetá. Colômbia
DelcarloProfessor, Ator e Encenador MARCANTONIO DEL CARLOSÓ SEI QUE NADA SEI…E MUITAS ASPAS Esta conferência pretende refletir um percurso no âmbito da partilha no ensino da arte da representação. Actor, Encenador em diversos grupos, companhias no âmbito do teatro. Actor de cinema em inúmeros filmes nacionais e estrangeiros. Actor em diversas séries de ficção em diferentes estações de televisão. Formador em Teatro, Animação artística, cinema, televisão, gestão, animação turistica, escrita criativa e performances diversas.  Escreve argumentos e diversos textos dramáticos e de crítica teatral. Leciona nos seguintes Instituições de ensino superior: Escola Superior de Musica e Artes do Espetáculo, Grau de Especialista na área de Teatro/Interpretação; Escola Superior de Teatro e Cinema, Licenciatura em Teatro-Ramo de Atores..
 Leal Doutoranda Dodi LealTeatro e transgeneridades: paradigmas poéticos de recepção e de performatividade Procura uma abordagem do movimento da sala interrogando a cena é uma das marcas características de um momentohistórico em que a criação teatral deve estar em ressonância com as demandas sociais que lhe sãocontemporâneas. Doutoranda em Psicologia Social pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Faz atualmente o Visiting  Scholar no programa de Doutoramento em Estudos Artísticos na Faculdadede Letras da Universidade de Coimbra, com concentração na área de Estudos Teatrais e Performativos. Licenciada em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Habilitada em Cinema e vídeo pelo Baccalauréat interdisciplinaire en arts da Université du Québec à Chicoutimi (UQAC, Québec-Canadá).
LuzesMestre Fátima LuzesTeatro comunitário e intervenção intergeracional  Esta comunicação visa estabelecer pontes e  experiências em projetos de Teatro e Comunidade com diferentes públicos: crianças, jovens e séniores. Licenciada em Animação Sociocultural pela Escola Superior de Educação de Lisboa e Mestre em Teatro e Comunidade pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Técnica Superior de Animação Sociocultural na santa Casa da Misericórdia  da Amadora (público sénior na resposta social Centro de Dia Rainha santa Isabel). Técnica Superior de Animação sociocultural em diversas estruturas residenciais: Casa de Repouso A Tapadinha, O Solar Vale são Gião, Casa de Acolhimento Os Sonhadores, Residência A Nossa Escolha, Lar Nossa Senhora da Conceição. Professora de teatro em contexto Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC`s). Várias experiências em projetos de Teatro e Comunidade com diferentes públicos: crianças, jovens e séniores

 

Fragateiro14.30 Horas : Conferencia de Encerramento Pelo Professor Doutor Carlos Fragateiro e subordinada ao Tema “ O Teatro na Educação “
Apresenta o Professor Doutor Carlos Fragateiro, o Professor Doutor Manuel Vieites

Professor na Universidade de Aveiro, curso da Escola Superior de Teatro, Mestrado em Arte e Educação da Université de Montréal, Doutoramento em Ciências e Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro. Organizou os IV Encontros Internacionais de Expressão Dramática e Teatro na Educação (1981/89). Presidiu à Comissão Organizadora do 1º Congresso Internacional de Teatro e Educação onde foi fundada a IDEA, Associação Internacional de Teatro e Educação (Teatro Rivoli, Porto 1992), e de que foi Vice-Presidente e Coordenador de Projetos Especiais.
Organizou o 3º Congresso Mundial de Sociologia do Teatro (ACARTE, Lisboa, 1992). Integrou a direção do INATEL, vice-presidente, (1996/1999), e foi diretor artístico do Teatro da Trindade (1997/2006) e do Teatro Nacional D. Maria II (2006/2008). Colaborou em várias publicações, estando editado na Bélgica, França, Itália, Espanha, Brasil e Portugal, e dirigiu a Intervenção, revista de animação sócio-cultural.

15.30. Sessão de Encerramento

– Apresentação de Exercícios criados no congresso
– Conclusões
– Entrega de Diplomas
*Programa sujeito a alterações

 

Print Friendly, PDF & Email
Me gusta
Me gusta Me encanta Me divierte Me asombra Me entristece Me enfada